sábado, 19 de março de 2016

3 dicas para combater a Celulite!

A celulite é proveniente, na maioria dos casos, de um mau comportamentos da mulher. Isso mesmo, muitas vezes você é a responsável pelo dano que a celulite pode proporcionar ao seu corpo.

A falta de uma rotina de exercícios, a ingestão de comidas com alto teor de gordura e sem os nutrientes necessários e roupas super apertadas são alguns dos péssimos hábitos que favorecem o aparecimento da tão temida celulite. ]

E a grande pergunta feita por diversas mulheres que não se cuidaram ao longo do tempo é: "Existe uma maneira eficaz para eliminar a celulite?" Será que essa fórmula já está disponível no mercado?

Embora existam cremes que prometem eliminar a celulite, a chave é cuidar da alimentação; Não adianta acreditar que com simples "passos de mágica" você vai conseguir eliminar esse problema. Um exemplo de como você pode começar agora mesmo uma nova rotina: faça redução do consumo de café, hidratos de carbono simples e açúcares.

Segundo diversos especialistas da área de estética, você pode complementar esses novos hábitos alimentares com tratamentos que reduzem a gordura localizada em diferentes partes do corpo a fim de evitar a retenção de líquidos e a formação da celulite. Veja!

1. Presoterapia


É um sistema controlado de compreensão que aumenta a circulação sanguínea, ativa o sistema linfático, impede a retenção de fluido e ajuda a eliminar as toxinas.

Ele também diminui a fadiga das pernas e melhora o fluxo de oxigênio em seu corpo enquanto tonifica as pernas, barriga e braços.

2. Cavitação


Esta técnica é eficaz em reverter a celulite, especialmente quando você já fez alterações em sua dieta e tem praticado exercícios com regularidade.

Em que consiste essa técnica? Basta deitar-se enquanto um aparelho trabalha para ativar a circulação e eliminar a gordura com movimentos de massagem.

3. Carboxiterapia


Ela envolve a injeção subcutânea de dióxido de carbono para degradar a gordura acumulada em áreas específicas do corpo.  Este procedimento também tem a vantagem de firmar a pele. Além disso, esse tratamento não te impede de fazer suas atividades normais.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Alimentos indicados para quem sofre com depressão

Muitas pessoas sofrem com a depressão. A doença, por sinal, é tratada como o grande mau do século, pois atinge um número grande pessoas, muito dos afetados não se reconhecem como portadores da doença e a busca por ajuda não está próxima do ideal - alguns, por não aceitarem, outros por sentirem vergonha.

Para quem tem depressão e se reconhece com tal problema, certamente, já se perguntou por que o corpo pede mais consumo de açúcar do que antes do diagnóstico da doença. Nos dias que o doente apresenta algumas baixas em seu comportamento não há nada melhor do que sentir um pouco de prazer consumindo chocolate ou sorvete, por exemplo.

Porém, o excesso desses alimentos podem ter consequências não muito boas ao terminar o prazer do consumo. Ansiedade, depressão, distúrbios do sono e distúrbios alimentares estão entre os problemas que podem surgir. Mas isso é relativamente fácil de ser resolvido: opte por alimentos que ajudam a controlar a depressão e que não vão fazer você ganhar peso ou prejudicar a sua saúde.

Para regular os níveis do tal "hormônio da felicidade e prazer," precisamos de uma dieta rica e equilibrada. Invista em alimentos que proporcionam o triptófano, um aminoácido essencial que regula os níveis de serotonina através de certos alimentos.

E para encontrar o triptófano na quantidade necessária é preciso ter níveis de vitamina B6 e magnésio apropriados, por isso, é importante seguir uma dieta variada com os nutrientes essenciais.

Entre os alimentos que podemos classificar como importantes para combater a depressão, destacamos:

  1. leite, 
  2. grãos integrais, 
  3. nozes e, 
  4. chocolate. 

Eles são ricos em triptófano. Caso a ingestão desses aminoácidos esteja num nível insuficiente ou se o seu corpo metaboliza muito rápido (se você muitas vezes se sente apático e sem energia) pode ser que você precisará de um pouco mais.

Lembre-se que uma dieta saudável e completa pode ser o seu melhor remédio para combater qualquer pequena humor infortúnio, assim que começar a incorporar alimentos ricos em triptófano em sua dieta. Assim, fica muito mais fácil dar um belo sorriso para o maravilhoso dom da vida.

quarta-feira, 16 de março de 2016

Como nosso cérebro reage ao comermos mais do que o necessário?

Ao comermos demais, é normal sentirmos alguns sinais do nosso corpo, respondendo negativamente ao excesso praticado. Dores na barriga, mal estar geral, dor de cabeça... São tantos os sinais - além daqueles particulares de cada um.

Mas você tem ideia do que pode acontecer com o seu cérebro quando você come demais?

Grande parte de tudo o que acontece com o seu cérebro ao comer demais está ligado ao hipotálamo. Trata-se de uma região que diz o quanto você pode comer e quando você deve parar.


Especialistas dizem que o hipotálamo possui hormônios importantes de modulação e neurotransmissores que criam felicidade e vício. Existem alimentos que geram muito prazer que custa mais trabalho para colocar um limite. E quando você come demais essa parte do cérebro trabalha fortemente a fim de definir o limite do prazer e a hora para parar.

Os especialistas ainda dizem que a satisfação está presente em 80% daquilo que comemos, porém, travamos uma forte luta para que esse limite não exista e que possamos sentir cada vez mais prazer em nos alimentar com aquilo que nos satisfaz.

Esse trabalho do cérebro a fim de encontrar o limite para o tanto que comemos em nada afeta a saúde mental, você pode ficar tranquilo, pois isso faz parte do trabalho constante. Porém, é importante que você conheça todo esse processo no qual o cérebro é submetido.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Você sabia: falar sobre comida aumenta a fome!

Muitas pessoas estão buscando formas mais saudáveis para se alimentarem. E uma boa saúde começa por essas escolhas. Porém, quem disse que é fácil? Comer aquilo que se gosta e comer bem (e em quantidade também) é algo tentador!

E você sabia que falar sobre comida a todo o momento só te deixa com mais fome e desejo? Falar sobre chocolate, doces, lasanhas, coxinhas e tudo aquilo que dá água na boca, mas deve ser evitado, é péssimo, principalmente para quem está começa a nova rotina alimentar.



Alguns estudos já encontraram a relação entre falar sobre os alimentos que você deseja comer e o desejo criado pelo cérebro, que envia sinais sobre a necessidade de tais alimentos.

Os resultados desse estudo foram apresentados em convenções sobre Obesidade, lá nos EUA. Lá, foi apresentada toda a relação entre a necessidade (desejo) e o fato de ficarmos, a todo momentos, falando e lembrando de certos alimentos.

Um dos líderes desse estudo relatou que as pessoas que estão buscando uma forma melhor de se alimentar acabam sendo estimuladas com a simples menção sobre os alimentos, principalmente aqueles com alto teor calórico (chocolate, frituras).


Outro fator que também chamou a atenção é o fato de que os participantes com estresse escolheram comer alimentos de alto teor calórico. Ligando o fato do estresse com o "pensamento constante em comer".

Por isso, um dos primeiros exercícios que você deve começar a praticar, assim que seus hábitos alimentares começarem a mudar, é manter o pensamento longe desses alimentos que não condizem com a sua nova realidade e seu desejo de mudança.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Conheça todos os detalhes sobre a Linhaça!

A onda da saúde e do bem estar invadiu o Brasil - e que notícia boa, não é mesmo? Cada vez mais pessoas estão frequentando academias e fazendo alimentações mais saudáveis. E, entre as tantas opções que ajudam a emagrecer, a linhaça se destaca como algo natural e com resultados fantásticos.

Porém, para você chegar no resultado que você quer - o tão sonhado corpo perfeito - você terá que ter um acompanhamento de profissionais capacitados e entendidos do assunto. Um professor de Educação Física, uma Nutricionista e um Médico farão seu sonho virar realidade em um instante - dependendo do seu esforço também, é claro...


E entre os tantos produtos que podem servir como complemento alimentar e que, certamente, será indicado pelos profissionais de saúde, se destaca a Linhaça. Trata-se de um produto que traz inúmeros benefícios para sua saúde, pois ele é natural. E a prova de que trata-se de um sucesso absoluto é o fato de que a produção dele aumenta a cada ano.

Mas é claro que o uso da linhaça deve vir após a orientação do seu médico e nutricionista. Porém, nada impede que você conheça mais sobre o produto. Veja abaixo:

Os melhores benefícios da Linhaça (em formato de óleo)


O óleo é feito e produzido a partir das sementes da linhaça. O produto composto fornece diversos nutrientes ao organismo como gorduras boas, fibras, proteínas, carboidratos e ajuda na defesa do organismo reduzindo os efeitos do envelhecimento celular. É um excelente composto natural indicado amplamente por especialistas e profissionais da saúde.

A semente de linhaça é o elemento natural mais rico em ômega 3 e ômega 6. As sementes são preparadas de diversas formas e o óleo é a foram de consumo mais conhecida. Existem ainda cápsulas e linhaça em pó, como alternativas.

O produto deve ser consumido em parceria com hidratação frequente, a linhaça é um elemento rico em fibras, então é crucial que o organismo esteja sempre hidratado para evitar problemas intestinais.


O óleo de linhaça é encontrado em todas as lojas de suplementos como o lipo cut x e outros. Procure o estabelecimento da sua confiança e experimente. Antes procure saber se essa é a melhor indicação para o seu caso, a linhaça funciona, mas os efeitos variam de pessoa para pessoa. O corpo perfeito é resultado de uma saúde perfeita.